O Nome Dele É Brucutú

Zoroastro

Compositor: Paulo Freitas Bittencourt Vieira Zoroastro

O nome dele é Brucutú

Um bicho de cinco patas
Duas bocas, um olho só
Que falava a nossa língua
Começou a me dizer

Quando vim do meu planeta
Do céu rosa e mata azul
Não sabia que na Terra
Também tinha Brucutu

O homem que escraviza
Com chicotes, com pavor
No Domingo vai à missa
Pede tudo ao Redentor

Pede mais do que precisa
Também fala do amor
Mas com seu subordinado
Bota banca de doutor

Deus está a seu serviço
O Capeta ao seu redor
Quer subir ao Paraíso
Enganar o Criador

A mente da Criatura
Não é um computador
Julgando o mais fraco
Se diz "o bom", "o protetor"

Mas na gula e na cobiça
Voce vê quem ele é
Se esconde e goza avida
Ele quer virar mulher

Mas quando é descoberto
Põe a culpa em Satanás
Se arrepende de mentira
Pois pra ele tanto faz

Mesmo assim cria a família
Ele é o Brucutu
Que de dia joga bola
E de noite dá o ...

Brucutu, Brucutu
O nome dele é Brucutu
Brucutu da Zona Sul
Da fala grossa e corpo nú

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital