Mourão Voltado de Zoroastro

Zoroastro

Compositor: Paulo Freitas Bittencourt Vieira Zoroastro

O meu nome é zoroastro
Onde passo deixo o rastro
Boto pilha e escorraço
Se eu sentir provocação
Eu te deixo no embaraço
Sou o raio do trovão
Mas não fique chateado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é voltar mourão
Mas não fique chateado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é voltar mourão

Sou um grande menestrel
Nascido em carrapichel
Não retiro o meu chapéu
Para qualquer falastrão
Eu não sou um "zé mané"
O meu mestre é o próprio cão
Mas não fique revoltado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é voltar mourão
Mas não fique revoltado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é voltar mourão

No galope eu nunca falho
Boto banca, é o meu trabalho
Eu puxei pra zé ramalho
E o mestre gonzagão
Sou coringa do baralho
Sempre sou o campeão
Sou um bagre ensaboado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é voltar mourão
Sou um bagre ensaboado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é voltar mourão

Mas tu fique conformado
Já cantei, dei o recado
Nessa rima e no trovado
Ladainhas e sermão
Abusando do letrado
Desse som do meu sertão
O dom do palavreado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é voltar mourão
O dom do palavreado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é voltar mourão

Eu cumpri meu compromisso
E o povo sabe disso
Não fiz nenhum rebuliço
Agradei o meu povão
Outro dia voltarei
Pelas voltas do mourão
Nunca fique aperreado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é voltar mourão
Nunca fique aperreado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é voltar mourão

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital