Vingança Maldita

Zoroastro

Compositor: Paulo Freitas Bittencourt Vieira Zoroastro

Vida entrecortada de lamentos
A pose e o semblante é um tormento
Não passa na peneira nem o sal
Prefere a intriga à solução
E o rebento vai criando mal
Prefere a intriga à solução
E o rebento vai criando mal

Vejo num espelho em sua testa
No centro a passagem está aberta
Viagens que fará ao mundo astral
Imagens com filetes de neón
Do homem que tem vida atemporal
Imagens com filetes de neón
Do homem que tem vida atemporal

Siga amargurando o pensamento
Não fosse pra cumprir um juramento
Terias na cabeça outro ideal
Vindima que só trás a maldição
E a força que está gastando mal
Vindima que só trás a maldição
E a força que está gastando mal

Sina de quem vai matar agora
A fera com tridentes não demora
Esporas desse horror vai conhecer
Os gritos ecoando na razão
Depois um padre vem para benzer
Os gritos ecoando na razão
Depois um padre vem para benzer

Para benzer, para benzer, para benzer
Benzer, benzer

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital