Cavalo Que Fala

Zoroastro

Compositor: Não Disponível

Cavalo que Fala (Os brutos também amam)


Primeiro voce doma o seu cavalo
Passando-lhe as pernas sai a galopar
No dorso do cavalo sem arreio
Vive, sofre, ama e não quer parar
Depois no momento oportuno
Coloca-lhe cabresto para dominar
Bate, esfola e explora, judia a qualquer hora
Ele sente grande dor
Pula, te derruba se tornando indomável
Pula, te derruba se tornando indomável

Eu vivo no mundo onde o cavalo fala
E o que ele me disse agora eu vou contar
Fui cavalo de rodeio, de peão já fui esteio
Agora pro meu pasto eu vou voltar
O que é que há... O que é que há
Longe da égua, distante do arreio
Livre da rédea, livre do freio
A potranca vou amar
O que é que há... O que é que há

O homem é diferente do cavalo
Mas se assemelham quando vão acasalar
O homem não tem rabo, o homem não tem crina
Ele raciocina pra depois pular
Tornei-me um cavalo debochado
E nesse mundo meu vejo o homem relinchar
Preso às regras, da corte é o bobo
cabeça caída, pastando no lodo
Prefiro ser cavalo à pensar
O que é que há... O que é que há

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital