Assum Preto

Zoroastro

Compositor: Luiz Gonzaga

Tudo em volta é só beleza
O sol de abril e o mato em flor
Mas assum preto cego dos "zóios"
Não vendo a luz, ai, canta de dor
Mas assum preto cego dos "zóios"
Não vendo a luz, ai, canta de dor

Talvez por ignorância
Ou maldade das pior
Furaram os "zóios" do assum preto
Pra ele assim, ai, cantar "miór"
Furaram os "zóios" do assum preto
Pra ele assim, ai, cantar "miór"

Assum preto "vévi" solto
Mas não pode "avoar"
Mil vez a sina de uma gaiola
Desde que o céu, ai, pudesse "oiá"
Mil vez a sina de uma gaiola
Desde que o céu, ai, pudesse "oiá"

Assum preto o meu cantar
É tão triste como o teu
Também roubaram o meu amor
Que era a luz, ai, dos "zóios" meus
Também roubaram o meu amor
Que era a luz, ai, dos "zóios" meus

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital